Anatel vai bloquear celulares chineses?

Publicidade

Anatel bloqueará celulares da China? Essa é uma pergunta que muitas pessoas estão fazendo nas últimas semanas, afinal matérias e reportagens sobre o assunto estão “pipocando” aos montes em relação ao tema, e como em alguns casos as informações acabam confundindo mais do que explicando, no post de hoje vamos ajudar você a entender melhor o assunto!

Celular pirata vs Celular importado

E para entender melhor o assunto, é fundamental que você entenda de uma vez por todas que existe uma grande diferença entre celular pirata e celular importado!

Afinal, o celular que você comprou em uma loja no Brasil, com nota fiscal e tudo mais, pode muito bem ter sido fabricado na CHINA e importado de lá e comercializado legalmente no Brasil, sendo possível a utilização dele sem qualquer problema ou restrição no Brasil!

O mesmo vale para smartfones que você importa diretamente pela internet como: Xiaomi, Lenovo, Asus, Vernee, Zte, Huawei entre outras marcas que possuem diversas certificações internacionais.

O que é um celular pirata

Agora entrando no campo dos celulares piratas, aparelhos piratas são aqueles que não possuem nenhum tipo de marca, ou que se fazem passar por marcas famosas ou conhecidas, ou seja, os chamados “ching lings” que geralmente são réplicas de aparelhos de outras marcas, sendo em muitos casos utilizam até o mesmo nome, porém entregam produtos de baixa qualidade, que podem trazem inclusive riscos aos usuários.

Além da questão da falsificação e uso indevido das marcas, aparelhos piratas utilizam-se de IMEI’s falsos ou clonados, para que os aparelhos possam acessar a rede de voz e dados móveis.

IMEI, para quem não sabe é um número unico que identifica cada aparelho, ou seja, não pode e não deve existir no mundo nenhum outro aparelho com o mesmo número de IMEI.

E quem organiza esse banco de dados mundial de IMEI é a GSMA, que é a Associação Global de Operadoras Móveis, por isso marcas que fabricam celulares e são associadas a GSMA, como a Xiaomi por exemplo, sempre que um novo aparelho é fabricado, informam a GSMA o número de IMEI desse aparelho, para que nenhuma outra empresa ou fabricante utilize esse número.

Em resumo, para quem tem ou pretende comprar um celular de marcas chinesas que fazem parte da GSMA, não tem com o que se preocupar, pois esses aparelhos além de continuarem funcionando normalmente no Brasil, não serão bloqueados pela Anatel, afinal são aparelho com IMEI reais, verdadeiros, e além do mais são marcas que foram certificadas internacionalmente, e como já divulgado pela Anatel, mesmo marcas não homologadas pela Anatel, mas que possuem alguma certificação internacional não sofreram bloqueio no Brasil.

Ainda para quem tem duvidas em relação ao assunto, pode conferir o vídeo: CELULAR IMPORTADO BLOQUEADO pela ANATEL no Brasil? Onde é abordado justamente sobre o assunto e trás mais detalhes em relação a quais aparelhos serão realmente bloqueados pela Anatel no Brasil.

Saber se o IMEI tem restrições

E para quem deseja consultar o IMEI do celular junto a Anatel, para saber se ele tem algum restrição do uso no Brasil, pode fazer essa consulta diretamente no endereço do “celular legal” da Anatel, que fica na url anatel.gov.br/celularlegal/consulte-sua-situacao.